Recadastramento biométrico termina em fevereiro
A Justiça Eleitoral brasileira, com o objetivo de aprimorar o sistema de votação, de modo a torná-lo mais seguro e impedir fraudes vem, desde 2008, implementando o recadastramento biométrico obrigatório, que é realizado através da captação das impressões digitais do cidadão.

 

A Justiça Eleitoral brasileira, com o objetivo de aprimorar o sistema de votação, de modo a torná-lo mais seguro e impedir fraudes vem, desde 2008, implementando o recadastramento biométrico obrigatório, que é realizado através da captação das impressões digitais do cidadão.

O sistema de identificação biométrica já foi implementado nas Zonas Eleitorais da Capital e, atualmente, em Goiás, a nova tecnologia ocorre em 22 municípios do Estado. São eles: Anápolis, Campo Limpo de Goiás, Ouro Verde de Goiás, Aparecida de Goiânia, Bela Vista, Goianápolis, Terezópolis de Goiás, Goianira, Santo Antônio de Goiás, Brazabantes, Caturaí, Guapó, Abadia de Goiás e Aragoiânia, Inhumas, Damolândia, Nerópolis, Nova Veneza, Senador Canedo, Caldazinha, Trindade e Campestre de Goiás.

Anápolis já recadastrou mais de 80% dos eleitores, por outro lado, municípios como Aparecida de Goiânia, Trindade e Senador Canedo registram um percentual abaixo de 60% e o prazo final da biometria, em Goiás, ocorrerá, no dia 14 de fevereiro próximo.

Todos os eleitores dos municípios onde ocorre a revisão devem se recadastrar para evitar o cancelamento do Título de Eleitor, que, caso ocorra, impede o fornecimento de certidão de quitação eleitoral, ocasionando transtornos aos cidadãos na hora de tirar o CPF, fazer matrícula em instituições oficiais de ensino, tomar posse em cargos públicos e outros atos para os quais se exija regularidade com a Justiça Eleitoral.

Os endereços dos locais de atendimento à biometria estão disponíveis no site do www.tre-go.jus.br, na página inicial, em destaques (locais e horários de atendimento) e também podem ser obtidos pelo telefone 148.

Cabe lembrar que o eleitor deve procurar um dos locais de atendimento, considerando seu domicílio, munido de documento oficial de identificação (com foto), comprovante de endereço, e, no caso dos cidadãos do sexo masculino, em idade de proceder ao alistamento militar, com o respectivo comprovante.

 

 Fonte: 

http://jornalcontexto.net/noticia_detalhe.php?id_noticia=6539&&edicao=Edi%E7%E3o%20452%20-%2017%20a%2023%20de%20janeiro%20de%202014

 

Institucional

Clique e assista.

Destaque na Mídia

Destaque na Mídia

Ver imagem grande

© 2009-2012. Todos os direitos reservados