Quase 40 mil eleitores anapolinos ainda não se recadastraram. Você está entre eles? Saiba o que fazer!
Na próxima sexta-feira,14, termina o prazo para que os eleitores de Anápolis, Campo Limpo de Goiás e Ouro Verde façam o recadastramento biométrico para as eleições deste ano. E, segundo os números oficiais repassados pelos cartórios eleitorais de Anápolis, quase 40 mil eleitores ainda não procuraram os locais de atendimentos para fazer o cadastro.

 

Na próxima sexta-feira,14, termina o prazo para que os eleitores de Anápolis, Campo Limpo de Goiás e Ouro Verde façam o recadastramento biométrico para as eleições deste ano. E, segundo os números oficiais repassados pelos cartórios eleitorais de Anápolis, quase 40 mil eleitores ainda não procuraram os locais de atendimentos para fazer o cadastro.

Segundo informou a chefe do cartório da 141ª Zona Eleitoral de Anápolis, Patrícia Junqueira de Melo, o atendimento na central montada no Anashopping e nos cartórios eleitorais têm capacidade de atender cerca de 2 mil pessoas dias. Faltando uma semana para o fim do prazo estipulado pela Justiça Eleitoral, matematicamente, seria impossível atender a todos.

Na última quarta-feira,05, durante sessão ordinária da Câmara Municipal, o assunto rendeu muito debate entre os parlamentares. O Vereador Wilmar Silvestre (PT) destacou na oportunidade que, até naquele dia, 204.665 eleitores de Anápolis já haviam sido recadastrados, correspondendo a 83,95% do total de 243.795 eleitores do Município. Faltando, portando, 39.130 eleitores para cumprirem com o chamamento. “É preocupante”, alertou.

Segundo a coordenadora do Cartório, Patrícia Junqueira, o percentual dos eleitores já recadastrados nos municípios de Campo Limpo e Ouro Verde é praticamente o mesmo que o de Anápolis. Nestas localidades- lembrou- foi montada uma estrutura para receber os eleitores, durante 30 dias. Mas, nem assim, o comparecimento foi maciço e, dessa forma, os eleitores das duas cidades agora terão de se deslocar para Anápolis, a fim de providenciarem a regularização.

Na Câmara Municipal, o Vereador Vespasiano dos Reis Gomes ponderou que muitos eleitores estão desacreditados. Ele contou que foi incentivar o seu pai a fazer o recadastramento e ele se recusou, porque não estava motivado a votar. Mas, segundo alertou o vereador, o problema não é esse, apenas. Os idosos acima de 70 anos, mesmo não sendo obrigados a votar, precisam renovar o título de eleitor, caso contrário, não terão como receber as suas aposentadorias, por exemplo.

Soma-se às penalidades que estarão incorrendo as pessoas que não fizerem o recadastramento, o “prejuízo político”, já que um universo de 40 mil eleitores daria para eleger dois deputados estaduais e para eleger quase toda uma composição da Câmara Municipal.

Para o Vereador Jean Carlos (PTB), a situação é , de fato alarmante, mas poderia ser muito pior se estivesse vigorando o voto facultativo, em razão de que os jovens estão demonstrando distanciamento do processo político-eleitoral. O vereador Eli Rosa (PMDB), observou que há uma certa apatia por parte dos jovens que, contraditoriamente, segundo ele, saíram às ruas em protestos, mas, agora, na hora de usar a “ferramenta legítima para mudanças, que é o voto, desprezam”, pontuou.

De acordo com Patrícia Junqueira, não haverá prorrogação do prazo. E, neste caso, as pessoas devem procurar o quanto antes a Central de Recadastramento, que funciona no Anashopping e que será desativada no dia 17 próximo, ou então os cartórios das quatro zonas eleitorais do Município, que funcionam num mesmo prédio, localizado na Rua Augusto de Lima, Qd.06, Lt.03, no Residencial Maracananzinho, onde o atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 13 às 18 horas. A central, no Anashopping, funciona de segunda a sexta-feira das 08 às 18 horas e, no sábado, das 08 às 12 horas.

 

 

Fique por dentro

O recadastramento é obrigatório para os eleitores destes municípios, sendo que o não comparecimento acarretará no cancelamento do título. Quem não se recadastrar não poderá:

- Obter empréstimo em qualquer estabelecimento de crédito;

- Renovar matrícula em escolas e universidades oficiais;

- Inscrever-se em concurso público;

- Tirar passaporte, identidade e CPF;

- Receber remuneração, se for funcionário público;

- Requerer aposentadoria no INSS.

 

Se você vota nos municípios onde está ocorrendo o Recadastramento Biométrico, deverá levar a um posto de atendimento os seguintes documentos:

- Título de eleitor original

- Comprovante de endereço original e atualizado

-Documento de identidade com foto

 

AUTOR/FONTE: Claudius Brito

http://jornalcontexto.net/noticia_detalhe.php?id_noticia=6655&&edicao=Edi%E7%E3o%20455%20-%2007%20a%2013%20de%20fevereiro%20de%202014

Institucional

Clique e assista.

Destaque na Mídia

Destaque na Mídia

Ver imagem grande

© 2009-2012. Todos os direitos reservados