Mercado imobiliário brasileiro cresceu 13% em 2013
O mercado imobiliário brasileiro cresceu 13% e acumulou VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 90 bilhões em 2013, de acordo com o Anuário do Mercado Imobiliário Brasileiro, desenvolvido pela imobiliária Lopes.

O mercado imobiliário brasileiro cresceu 13% e acumulou VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 90 bilhões em 2013, de acordo com o Anuário do Mercado Imobiliário Brasileiro, desenvolvido pela imobiliária Lopes.
No ano foram lançados 1.579 empreendimentos, 3.001 torres e 196.292 unidades. Desse total, 85% são empreendimentos residenciais verticais (1.342 lançamentos), 11% comerciais (181) e 4%hotéis e flats (56), sendo que o preço médio e geral do metro quadrado é R$ 6.220.
Imóveis residenciais
No caso das unidades residenciais, 13% são de 1 dormitório, 53% têm 2 dormitórios, 29% foram lançadas com 3 dormitórios e 5% com 4 ou mais. Para o superintendente de inteligência de mercado da Lopes, Caio Augusto Pereira, esses dados mostram que a oferta acompanha a principal necessidade da população, os apartamentos de 2 e 3 dormitórios. “Essas configurações atendem de jovens casais sem filhos a casais aposentados passando pela família tradicional, casal com filhos.”
De modo geral, os apartamentos têm área privativa compacta e 67% do total têm até 69m². Considerando a metragem até 89m², chega-se a soma de 83% das unidades, até 109m² são 90% dos apartamentos e apenas 10% têm mais de 110m².
Já o preço médio do metro quadrado dos apartamentos é R$ 5.560. No caso dos apartamentos de 1 dormitório o preço é R$ 7.140, enquanto o de 2 dormitórios é R$ 4.950; os imóveis com3 dormitórios ficam em R$ 5.420 e 4 ou mais em R$ 8.060. Dessa forma, o tíquete médio residencial é R$ 385 mil.
Copa do Mundo
O mercado de hotéis e flats, que ganhou expressivo impulso com a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Foram lançados 56 empreendimentos nos principais mercados brasileiros. São ao todo 58 torres e 11.807 unidades, que somam VGV de R$ 4 bilhões.
Das unidades lançadas, 92% ficam na região Sudeste e a Região Metropolitana de São Paulo teve o maior crescimento, de 180% em relação a 2012. O preço médio do metro quadrado é R$ R$ 14.800 e o tíquete médio, R$ 349 mil.
Da Redação, original InfoMoney.

AUTOR/FONTE: http://www.obra24horas.com.br/noticias/mercado-imobiliario-brasileiro-cresceu-13--em-2013--diz-lopes

Institucional

Clique e assista.

Destaque na Mídia

Destaque na Mídia

Ver imagem grande

© 2009-2012. Todos os direitos reservados