Imóveis compactos lideram preferência do novo casal
Encontrar um imóvel cujas prestações caibam no bolso. Este é o principal desafio dos casais que estão começando a formar uma família. Se a casa dos pais dessa geração tinha três ou quatro quartos para acomodar os filhos, hoje a situação é bem diferente.

Encontrar um imóvel cujas prestações caibam no bolso. Este é o principal desafio dos casais que estão começando a formar uma família. Se a casa dos pais dessa geração tinha três ou quatro quartos para acomodar os filhos, hoje a situação é bem diferente.
“Como as taxas de natalidade vêm diminuindo, as empresas estão desenvolvendo novos produtos, condizentes com essa mudança”, afirma Michelle Magalhães, gerente de produtos da Magis Incorporações.
“Um apartamento de dois quartos atende a necessidade desses casais, os quais geralmente estão adquirindo o primeiro imóvel. Eles estão mais dispostos a morar em bairros em expansão, mas sem abrir mão da facilidade no ir e vir”, destaca.
Regiões como Guararapes, Parangaba e Maraponga estão entre os locais mais procurados pelos recém-casados por oferecerem uma boa estrutura de serviços e imóveis com preços bem mais acessíveis.
Na planta:
Os apartamentos comprados ainda na planta estão entre os preferidos do novo casal, com idades entre 25 e 35 anos. Com metragens que vão de 40 a 70m², eles requerem praticidade na hora de decorar e harmonizar os espaços.
“A dica mais importante ainda é avaliar a opção de planta que atenda às necessidades do casal.
Os casais mais novos geralmente transformam um dos quartos em closet ou escritório, pois marido e mulher estão em desenvolvimento profissional e precisam levar trabalho para casa”, aponta Tatiana Medina, coordenadora de projetos da Porto Freire Engenharia.
“Para melhor aproveitamento dos espaço, os móveis retráteis e os que podem ser utilizados pra mais de uma função são ótimas alternativas” aponta Tatiana.
Segundo ela para casos como esses, mandar fazer espaços sob medida compensa na relação custo-benefício, ainda que eles sejam cerca de 30% mais caros”, explica.
Além de lugar de descanso, lazer e trabalho, os jovens casais querem que a nova casa seja confortável suficiente para receber os amigos. “As cozinhas gourmet (integradas à sala ou varanda) são espaços de socialização dentro dos apartamentos. Cozinhar deixou de ser o simples ato de preparar a própria comida e passou a ser um pretexto para reunir os amigos”, afirma.
Números:
2 quartos possui a maior parte dos imóveis adquiridos pelo novo casa.
70 metros quadrados é a metragem preferida do imóvel dos recém-casados.

Da Redação, original Jornal Hoje.
AUTOR/FONTE: http://www.obra24horas.com.br/noticias/imoveis-compactos-lideram-preferencia-do-novo-casal

Institucional

Clique e assista.

Destaque na Mídia

Destaque na Mídia

Ver imagem grande

© 2009-2012. Todos os direitos reservados