Como acertar na decoração, sem exagerar?
Não é de hoje que as estampas inspiradas nos bichos fazem sucesso na decoração residencial e, agora, essa moda voltou com força total. Mas como acertar e não poluir um ambiente? Atualmente o nome usado para esse tipo de decoração é o animal print, que significa animal estampado ou impressão animal - referência às estampas. Esse nome é universal, mas usado principalmente em ambientes com itens sofisticados, com tapetes, almofadas e estofados estampados com figuras animais.

Não é de hoje que as estampas inspiradas nos bichos fazem sucesso na decoração residencial e, agora, essa moda voltou com força total. Mas como acertar e não poluir um ambiente? Atualmente o nome usado para esse tipo de decoração é o animal print, que significa animal estampado ou impressão animal - referência às estampas. Esse nome é universal, mas usado principalmente em ambientes com itens sofisticados, com tapetes, almofadas e estofados estampados com figuras animais.

 

Para não errar, não exagere na colocação de estampas de onça, zebra, tigre ou cobras. A mistura excessiva também cansa. Alterne estas estampas com cores suaves e estampas lisas. Isso fará com que o ambiente se mantenha na moda por vários anos. Mas se a ideia é deixar o ambiente descontraído, uma forma é brincar com as estampas das almofadas, por exemplo, que podem ser trocadas facilmente. Atualmente, além dos tecidos imitarem a pelagem de vários animais, ainda há opções de estampas em branco e preto, e coloridas. O que também deixa o ambiente mais descontraído. Guarde a imitação de peles de ovelhas para os pufes, a serem usados no inverno, é claro!

 

E como por aqui o clima já está bem quente, imagens de bichos, principalmente de animais que fizeram parte da infância de muitos moradores, são bem-vindas em fotos dispostas em quadros e porta-retratos. É possível também misturar os bichos. Vasos e esculturas que lembram coelhos, gatos e corujas são bem-aceitos e podem ser usados em qualquer ambiente.

Vale lembrar que galinhas enfeitam graciosamente as cozinhas. E no jardim, coelhos e cães seguem fazendo a festa. Mas atenção: a decoração do ambiente tem que conversar com o acessório escolhido. Um tapete que imita couro de boi é sofisticado e requer móveis em madeira maciça e sofás em tecidos suaves. Mas acessórios coloridos, que servem de enfeite, descontraem o ambiente e dão mais liberdade de decoração. Aproveite. (Fonte: www.lojavillamaria.com.br e www.wikipedia.com )

 

Economize ao escolher peças atemporais

 

Que a moda das passarelas já invadiu a decoração residencial, isso todo mundo já sabe. Mas como manter a casa decorada de forma atemporal? Afinal, manter-se no modismo custa caro, já que a mudança é veloz. Mas uma alternativa é investir em estampas, cores e texturas que remetam aos animais - que sim, estão em alta e virão fortalecidas para o verão 2013/2014. Tanto é que: quem sabe, sabe! O que faz a moda atemporal é justamente a tendência. E a decor animal é uma delas, nunca vai embora e é sempre reinventada!

 

O fato é que esse setor anda de vento em popa. Tanto que a paixão dos brasileiros por animais de estimação já chegou aos projetos de interiores e adornos que remetem aos bichinhos, o que tem cada vez mais conquistado espaço nos lares do país afora. Isso porque, segundo uma pesquisa divulgada no ano passado pela Associação Brasileira das Indústrias Pet, o Brasil possui o segundo maior mercado de animais de estimação do mundo, estando atrás apenas dos Estados Unidos. E não é para menos. São 60 milhões os brasileiros que possuem pelo menos um bichinho em casa.

 

A terapeuta Fabiene Oliveira, de 30 anos, é uma dessas pessoas que sempre foi apaixonada por animais, mas esse amor está guardado mesmo é para seus futuros cães da raça goldenretriever. "Tenho um apartamento pequeno. Os cachorros precisam de espaço. Pretendo vendê-lo para comprar uma casa. Minha filha mais velha adora cães e quero muito ter um", sonha. Mas enquanto essa possibilidade não chega, a terapeuta se aproveita do seu amor pelos animais e decora seu lar.

 

As estampas de zebra, onça e cobras já fazem parte do seu guarda-roupas. Mas também estão as almofadas, colchas e acessórios como pantufas. Maria Cristina Bahia, proprietária da loja VillaMaria, afirma que esse gosto por acessórios que remetem ao mundo animal está crescente. Tanto que atualmente há porta-retratos, vasos, esculturas, e outros adornos com estampas de animais. "Sempre aparece alguém à procura de um objeto que lembre o seu bichinho. Como essa demanda vem aumentando, aumentam também os lançamentos desse tipo de produto", conta Maria Cristina.

 

Especialista no assunto, ela garante que os apaixonados por seus bichinhos podem apostar nessa tendência sem medo. "É uma aposta bacana, pois deixa os ambientes mais interessantes, divertidos e personalizados", avalia. No entanto, para não errar, é preciso pensar em não poluir o ambiente. Tapetes que imitam couro e estampas de zebra são mais clássicos. As estampas de onças vão bem com cadeiras antigas, no estilo real, que remetem ao luxo. Já acessórios como porta-retratos e vasos deixam o ambiente mais moderno e descontraído.

 

Fonte: : http://www.obra24horas.com.br/materias/decoracao-de-interiores/como-acertar-na-decoracao--sem-exagerar-

Institucional

Clique e assista.

Destaque na Mídia

Destaque na Mídia

Ver imagem grande

© 2009-2012. Todos os direitos reservados